segunda-feira, 21 de julho de 2014

Capítulo 35

Dedicado ao grupo 660   
O Júnior foi embora com a tia e com a Rafa pois tinha que cumprir seu papel de marketing; meu pequeno dormiu e no momento estou assistindo filme com a Dudoca, ja o resto do pessoal foi tirar um cochilo pois vao na balada hoje de novo. O filme terminou e ela ja estava dormindo, peguei-a com cuidado e fui pro quarto do Mateus, coloquei-a na cama; dei uma olhadinha no Mateus e saí do quarto, indo pro meu. Peguei o livro Não se apega não, e comecei a ler (...) Marquei o livro com o marcador do livro do Neymar e me levantei, peguei meu celular, dinheiro e a chave de casa e fui pra sala, avisei a Rosinha que ia na padaria aqui perto que vende uns doces deliciosos, dei um beijo nela e saí; peguei o elevador e desci, falei com o porteiro e fui caminhando até a padaria, entrei na mesma e fiquei olhando algumas coisas ali, peguei uns pãozinhos integral que eles fazem e mais algumas coisas, pedi alguns docinhos pra moça, peguei minhas sacolas e fui pro caixa, paguei tudo e saí da padaria (...) Tava voltando pra casa novamente, tranquila, ouvindo música no iPod quando de repente alguém me puxou por trás, tão forte que fez com que eu deixasse minhas sacolas caírem. A pessoa que estava atrás de mim colocou um pano com clorofórmio no meu nariz e antes mesmo que eu tentasse gritar por socorro, desmaiei.
***
Acordei meio zonza, ainda por causa do produto que inalei. Meu Deus, onde eu to? Quem são esses caras? O que vão fazer comigo? Minha boca tava amarrada com um pedaço de pano, e meus pulsos também, aliás, bem apertados, de forma que machucam. Nenhum dos caras, vestidos com roupas pretas, perceberam que acordei, então decidi (tentar) manter a calma e pensar em algo pra sair daqui. Parecia que meu coração ia sair pela boca de tão acelerado. Tenho que sair daqui, mas to com muito medo, muito. Senti o carro aumentar ainda mais a velocidade e me apressei em tentar desamarrar o nó dos meus pulsos. Tentei, tentei e nada. Minhas lágrimas começaram a cair e tirei forças de onde não tinha pra não fazer barulho algum. Continuei tentando desamarrar o nó até que graças a Deus consegui. Fiquei imóvel, até a dor passar um pouco, e o carro acelerou ainda mais. Deve estar à uns 120km/hr. Mas não tinha outro jeito, esses caras vão me matar e eu tinha que tentar alguma coisa, então o mais rápido que pude, abri a porta de trás e me joguei na rua, onde eu sai rolando pelo asfalto e cai no acostamento sentindo meu corpo queimar e sangrar. Minhas lágrimas começaram a cair em disparada, mas eu reuni todas as minhas forças, levantei e comecei a correr pro meio do mato. Corri, corri muito, corri o tanto que eu consegui, mas a dor dos meus machucados ficaram insuportáveis e eu cai no chão, fechei os olhos e pedi pra Deus me ajudar. Devo ter batido a cabeça quando cai, porque abri os olhos e ela latejava sem parar. Eu ainda estava naquela mata, toda suja e machucada. Coloquei a mão aonde minha cabeça tava doendo e meus dedos ficaram sujos de sangue, transparecendo que eu estava cortada. Levantei dali e fui andando sem direção, procurando algum telefone, alguém que pudesse me ajudar. Achei o acostamento depois de minutos que mais pareceram uma eternidade, e fui andando escondida pra que ninguém pudesse me ver, até que achei um telefone público e corri até lá. Disquei o número do celular da Rosa a cobrar e ela atendeu no primeiro toque.
Rosa: alô?
Lais: Rosa?!
Rosa: Lais, meu amor, onde você ta? O que aconteceu?
Lais: não da tempo de explicar, só liga pro Neymar e pede pra ele me buscar o mais rápido o possível
Rosa: onde você ta? Você ta bem? Não chora meu amor
Lais: to em - procurei por uma placa - Osasco - expliquei pra ela mais ou menos onde eu tava -
Rosa: fica calma, já vou ligar pra ele
Lais: obrigada.


-Rosa on-

A Laís saiu a mais ou menos uma hora e meia pra ir na padaria e até agora não voltou, o pessoal já saiu pra ir pra balada e eu fiquei sozinha com o Mateus, morrendo de preocupação, tentei ligar no celular dela mas só chamou, chamou e chamou, mas não atendeu.

Rosa: Ah Laís, onde você se meteu ?- fiquei esperando mais um pouquinho e meu celular tocou, era a cobrar.- alô?
Lais: Rosa?!
Rosa: Lais, meu amor, onde você ta? O que aconteceu?
Lais: não da tempo de explicar, só liga pro Neymar e pede pra ele me buscar o mais rápido o possível
Rosa: onde você ta? Você ta bem? Não chora meu amor
Lais: to em - procurei por uma placa - Osasco - expliquei pra ela mais ou menos onde eu tava -
Rosa: fica calma, já vou ligar pra ele
Lais: obrigada.- meu Deus o que aconteceu com a minha menina ? eu sabia que aquelas ameaças não acabariam em boa coia, Deus, proteja minha menina, por favor; disquei o número do Neymar umas cinco vezes e ele não atendeu, então resolvi ligar para o seo Eduardo.-
Eduardo: Oi Rosinha
Rosa: Seo Eduardo, a Laís acabou de me ligar e pediu pro senhor ir busca-la em Osasco.
Eduardo: O que ela ta fazendo la ?
Rosa: Eu não sei, ela saiu daqui de casa pra ir na padaria e não voltou até agora, ela me ligou chorando, eu to preocupada.
Eduardo: Eu já to indo pra la ?
Rosa: Ela falou que ta perto de um posto de parada, não vai sozinho Eduardo, é perigoso.
Eduardo: Ta bom, Rosa.- ele desligou, fui até o quarto do Mateus e peguei meu menino, tranquei tudo em casa e chamei o Taylor pra ficar conosco.-

-Rosa off-

-Eduardo on-

Depois que a Rosa me ligou e falou sobre a Laís, encerrei a reunião que estava e pedi pra liberarem um motorista, avisei a Heloísa e ela disse que queria ir junto, não sei porque fui avisar   logo o motorista chegou, entrei e mandei ele passar no Projaac, ele fez seu caminho e logo chegou, a Heloísa já estava a minha espera, entrou no carro e me encheu de perguntas.

Heloísa: Como ta a minha filha ? Meu Deus, porque isso ta acontecendo ? Isso é culpa sua, se você não tivesse voltado isso não teria acontecido.
Eduardo: Culpa minha ? Ah me poupe Heloísa.- ela não falou mais nada, fomos o caminho inteiro em silencio, demoramos mais de uma hora para chegar na estrada que liga São Paulo à Osasco.-
Heloísa: Ela ta ali, ali- apontou com o dedo e avistei a Laís sentada, o Oscar parou o carro e descemos.- Filha ?
Laís: Mãe.- se levantou e as duas se abraçaram.- Ai ta doendo.
Heloísa: Meu Deus meu amor, o que aconteceu ?
Eduardo: Você ta bem ? Ta perdendo muito sangue, filha, vem vamos.- voltamos pro carro e ela foi nos contando tudo no caminho.- Eu vou mandar achar esses caras e eles vão apodrecer na cadeia.
Heloísa: Vai ficar tudo bem, meu amor.- chegamos em frente ao hospital Sírio Libanês, entramos e logo fomos encaminhados para um quarto.-

-Eduardo of-

Graças a Deus consegui falar com a Rosa e ela falou com os meus pais, não era bem eles que eu queria, porque não queria que eles ficassem sabendo disso, não por agora, mas acho que ela não conseguiu falar com o Neymar, deve ta ocupado demais com a namoradinha.

Eduardo: Você tinha que ter me contado sobre essas ameaças, Laís.
Laís: Pai, eu achei insignificante.
Eduardo: Insignificante ? Olha no que deu.- me olhou, ele parou de falar assim que o médico entrou no quarto.-
Dr Fabrício: Olá, sou o médico que vai acompanhar o caso da Laís.- ele era bem gato.- Pelo que vi no seu relatório você bateu a cabeça e teve muito sangramento, vamos fazer uma tomografia e um raio X do corpo todo pra ver se ouve alguma sequela.- ele colocou o estetoscópio no meu peito e ficou ouvindo meu coração, apertou em alguns lugares para ver se eu estava com dor e o único que eu reclamei mais foi nas costas, ele saiu e logo chegou uma enfermeira pra me levar pra sala de exame; a moça pediu pra eu ficar quietinha e fizemos todos os procedimentos e voltei pro quarto.-
Enfermeira: Você quer tomar um banho ?
Laís: Por favor !- ela saiu do quarto e voltou com algumas coisas de banho, me levantei com cuidado pois tudo doía um pouco, minha mãe me ajudou a tomar banho e eu voltei pro quarto, a enfermeira fez curativos nos meus machucados e saiu.- Pai, pede pra irem buscar a Rosinha e o Mateus, quero ver meu filho.
Eduardo: Ok filho.- ele saiu do quarto e ficamos só eu e minha mãe.-
Heloísa: Quer comer alguma coisa ?- assenti- vou ligar na lanchonete e pedirem pra trazer, quer o que ?
Laís: Hum, um misto quente, chocolate quente e se tiver um pedaço de bolo de chocolate.- ela riu, pegou o telefone do quarto e discou na lanchonete, fez o pedido e depois ficamos conversando.-
Heloísa: Quando seu pai me ligou eu fiquei tão preocupada.
Laís: Eu fiquei com medo.
Heloísa: Como você conseguiu escapar ? Isso você não contou.- quando ia falar a porta do quarto se abriu e  ele entrou.-
Neymar: Laís, pelo amor de Deus, o que aconteceu ?
Heloísa: O que aconteceu, já foi, o importante é que ela ta bem.- ainda bem que minha mãe me conhece bem demais pra saber que não estava tudo bem entre nós dois.-
Tia Nadine: Teve alguma fratura grave ?
Laís: Fiz os exames agora, tia, to esperando os resultados.- ela assentiu, resumi o que aconteceu pra eles e contei pra minha mãe como eu escapei, ela ficou brava por eu ter pulado do carro, mas se eu não tivesse feito isso a onde eu estaria agora ?.-
Dr Fabrício: Você não sofreu nada grave, a tomografia e o raio X estão normais, nenhuma sequela, mas vamos manter você em observação até amanha.- revirei os olhos.- E vou colocar soro em você com um remédio pra dor que é um pouco forte.
Laís: Eu ainda amamento meu filho, tem algum problema ?
Dr Fabrício: Problema nenhum.- ele saiu do quarto e ficaram só os mais próximos, meu pai voltou pro quarto junto com a Rosa e o Mateus.-
Laís: Filho.- estiquei os braços e a Rosa me deu ele.-
Rosa: Você ta bem meu amor ?
Laís: To sim, Rosinha.
Rosa: Entrei em desespero quando você me ligou chorando.- sorri e ela deu um beijo na minha testa; minha comida chegou, e o Mateus foi pro colo da vovó Nadine, comi tudinho e graças ao meu bom Deus tinha o meu bolo de chocolate, tomei o leite e minha mãe tirou a bandeja, o Júnior não saiu do meu lado pra nada, e até que eu estava gostando.-
Neymar: Você ta bem mesmo ?- assenti, ele puxou meu queixo e me fez olhar pra ele.- Desculpa não ter ido te buscar, eu tava gravando um comercial e meu celular ficou longe.
Laís: Tudo bem, o importante é que você está aqui.- sorri e ele selou nossos lábios demoradamente, ele disse que ficaria a noite comigo no hospital, minha mãe se despediu e saiu junto com a Rosa, meu pai ainda ficou mais um tempo e falou perto do Júnior sobre as ameaças, ele me olhou de cara feia mas nem liguei; meu pai e a tia Na se despedira, a tia levou o Mateus e ficamos só nós.-
Neymar: Por que você não me contou das ameaças ?
Laís: Elas eram insignificantes pra mim, eu só me preocupava com o Mateus e sabia que ele estava seguro com o Taylor por perto.
Neymar: E a sua segurança não conta, Laís ?
Laís: Júnior por favor, minha cabeça ta doendo e eu to cansada
Neymar: Desculpa, mas eu me preocupo com você.- sorri, ele deu um beijo na minha testa e sentou no sofá, ficamos nos olhando mas logo o sono me venceu.-

-Neymar on-

Terminei de gravar o comercial e fui pegar meu celular, olhei e havia cinco ligações perdidas da Rosa, disquei o número dela e retornei.

-inicio-
Rosa: alo ?
Neymar: Rosinha, aconteceu alguma coisa ?
Rosa: oi meu filho, a Laís, ela.. ela...
Neymar: ela o que Rosa ?- não preciso dizer que meu coração foi na boca né ?!-
Rosa: ela foi sequestrada
Neymar: o que ?
Rosa: mas ela ja ta bem, ela ta no hospital Sírio Libanês.
Neymar: ok, to indo pra la, brigado
-término-

Senhor, isso não pode ta acontecendo, primeiro o meu filho, agora a minha mulher, não é possível, o que esse povo quer ? Me acalmei um pouco antes de ir, e nesse pouco tempo fiquei refletindo nossa conversa sobre eu e a Bruna, se eu não acabar com essa porra logo eu vou perder a mulher da minha vida, a mãe do meu filho, eu preciso parar de pensar nos outros, pensar em mídia e pensar mais em mim, nos meus sentimentos, é isso o que eu vou fazer.

Júnior: Aí - eles me olharam- to indo pro hospital.
Nadine: aconteceu alguma coisa ?
Júnior: Laís foi sequestrada, e ta internada.
Nadine: ai meu Deus, eu vou com você.- pegou as coisas dela.-
Júnior: Duda cancela todos os contratos que eu tenho em relação a Bruna e anuncia amanhã mesmo o fim do nosso namoro, não quero mais isso.
Duda: Juninho, a gente não pode fazer isso, é mídia cara.
Júnior: Duda é esse contrato ou a mãe do meu filho, e entre o contrato e ela é obvio que eu prefiro ela, sem nem pensar duas vezes.
Neymar: filho, pensa com calma, sei que você gosta da Laís, mas é só mais um mês.
Júnior: eu quero amanha em todos os jornais, sites, rede social que não existe mais nada entre eu e Bruna Marquezine.- eles não falaram mais nada e saí junto com a minha mãe, entramos no carro, dei partida e fomos pro hospital (...) Estacionei o carro, e descemos, minha mãe foi na recepção e logo fomos liberado pra entrar, pegamos o elevador e subimos, procuramos o quarto dela e minha mãe bateu na porta.-Laís, pelo amor de Deus, o que aconteceu ?
Heloísa: O que aconteceu, já foi, o importante é que ela ta bem.
Tia Nadine: Teve alguma fratura grave ?
Laís: Fiz os exames agora, tia, to esperando os resultados.- ela assentiu, ela resumiu o que aconteceu e a tia Helo ainda ficou brava por ela ter pulado do carro, em seguida o médico entrou no quarto-
Dr Fabrício: Você não sofreu nada grave, a tomografia e o raio X estão normais, nenhuma sequela, mas vamos manter você em observação até amanha. E vou colocar soro em você com um remédio pra dor que é um pouco forte.
Laís: Eu ainda amamento meu filho, tem algum problema ?
Dr Fabrício: Problema nenhum.- ele saiu do quarto e ficaram só os mais próximos, o seo Eduardo voltou, e atrás deles estavam a Rosinha e o Mateus-
Laís: Filho.- pegou ele.-
Rosa: Você ta bem meu amor ?
Laís: To sim, Rosinha.
Rosa: Entrei em desespero quando você me ligou chorando.- a comida que ela tinha pedido chegou e ela comeu com gosto, dava até alegria de ve-la comer assim, já que ela nunca comia com tanta vontade, não desgrudei dela um minuto, o medo de ficar longe dela de novo me dominava, eu estava preocupado-
Neymar: Você ta bem mesmo ?- ela assentiu, puxei seu queixo e fiz ela olhar pra mim.- Desculpa não ter ido te buscar, eu tava gravando um comercial e meu celular ficou longe.
Laís: Tudo bem, o importante é que você está aqui.- sorriu e selei nossos lábios demoradamente, um tempinho depois todos foram embora e ficou somente nós-
Neymar: Por que você não me contou das ameaças ?
Laís: Elas eram insignificantes pra mim, eu só me preocupava com o Mateus e sabia que ele estava seguro com o Taylor por perto.
Neymar: E a sua segurança não conta, Laís ?
Laís: Júnior por favor, minha cabeça ta doendo e eu to cansada
Neymar: Desculpa, mas eu me preocupo com você.- sorriu, dei um beijo na  testa dela e sentei no sofá, ainda ficamos em uma troca de olhares intensa e depois ela adormeceu; ainda fiquei pensando no contrato e se eu deveria mesmo encerra-lo, é logo que tenho que encerrar, é a vida dela que me importa e não essa merda de contrato, me levantei e fui perto dela, acariciei seu rosto e dei um beijo na sua bochecha.- Eu prometo encerrar aquela porcaria de contrato e ficar só com você, prometo te amar pro resto da minha vida.- uma lagrima escorreu pelo meu rosto, limpei-a rapidamente e voltei pro sofá.-

-Neymar of-

Não sei se eu realmente ouvi ele falando algo ou se a pancada que levei na cabeça está me fazendo ouvir coisas, mas só de pensar que ouvi ele falando que encerraria sobre o contrato já me deixou mais aliviada. Acordei um pouco antes das 7h, minha cabeça parecia que ia explodir de tanta dor, procurei meu celular e só ai lembrei que ficou no carro dos bandidos, droga! Fiquei olhando pro teto até a hora que o Júnior acordou.

Neymar: Bom dia.- sorriu e se espreguiçou.- Vou escovar os dentes e já venho te dar um beijo.
Laís: Para de frescura vai.- ele riu e veio até mim, me deu um selinho mas eu transformei em um beijo, ele sorriu entre o beijo e prolongamos o máximo que pudemos.-
Neymar: Eu falei pro Duda acabar com o contrato e anunciar o fim do namoro hoje.
Laís: Então não foi coisa da minha cabeça- ele me olhou sem entender- nada, esquece.
Neymar: Fala.
Laís: Pensei que estava ficando louca, ouvi você falando que ia encerrar esse contrato.
Neymar: Ah malandrinha, você tava acordada- percebi que ele ficou com vergonha e ri- vou escovar os dentes e depois vou buscar alguma coisa pra você comer.- assenti e antes dele sair ainda roubei mais um beijo; ele voltou uns cinco minutos do banheiro, me deu um selinho e foi pra lanchonete.-
Heloísa: Oi amor da mamãe.- entrou no quarto com a Duda.- Olha quem veio ver você.- sorri-
Duda: tata você ta dodói ?
Laís: A tata só machucou um pouquinho, ja ja to melhor.
Duda ataa.- ela sorriu, fiquei conversando com elas e o Júnior voltou com uma mocinha e com duas bandejas, uma delas ele colocou perto de mim e a outra no sofá, cumprimentou minha mãe a Duda e moça ainda ficou lá plantada olhando pra ele-
Moça: Mas alguma coisa ?
Neymar: Não, só isso.- sorriu; e ainda me da um sorriso pra ela ? é o fim.-
Laís: Só faltou tirar a roupa e dar pra você aqui mesmo, na minha frente.
Heloísa: Laís, as coisas que você fala na frente da Duda.- pedi desculpa-
Neymar: Ta com ciumes ?
Laís: E se eu tiver ? Não tem problema, porque isso ai é meu.- apontei pro corpo dele.-
Heloísa; Filha, come logo vai- eles riram.-
Neymar: Vem ca Dudinha.- ela foi e se sentou do lado dele, eles ficaram beliscando algumas coisas, o Neymar exagerado que só comprou um monte de coisa, pediu frutas, leite, sucos, bolachas, biscoito, pãozinhos, bolo. Comi um pouquinho de tudo e quando me vi por satisfeita dei a bandeja pra minha mãe.-
Laís: Quero ir emboraaaa.- falei com voz manhosa.-
Eduardo: Chegueeeei e com ótimas noticia.
Laís: Já posso ir embora ?
Eduardo: O médico já vai assinar sua alta.
Laís: Oh my God ! Thanks God
Neymar: Mas é exagerada.- riram, o médico ainda demorou um pouquinho pra entregar minha alta, assinei uns papéis lá e saímos daquele hospital, fui com o motorista do meu pai por muita insistencia, minha mãe e a Duda foram com o Júnior (...) Chegamos no meu condominio, o motorista parou em frente ele e meu pai me ajudou a descer, cumprimentei o porteiro, ele perguntou se estava tudo bem e eu assenti, subimos e vi a Rosinha com meu pimpolho na sala.-
Laís: Meus amores- fui até eles, dei um beijo na Rosinha e peguei meu pequeno, enchi-o de beijos e depois me sentei.- Mãe, pai podem ir, sei que vocês tem muita coisa pra fazer.
Heloísa: Nos expulsando assim na cara dura ?
Laís: Não, só não quero atrasar vocês.- ri-
Neymar: Eu vou ficar aqui.
Heloísa: Então eu vou, porque ainda tenho que passar no restaurante.- deu um beijo em mim.- Posso deixar a Duda ?
Laís: Mas é claro !- sorri, e a Duda veio pra perto de mim, meu pai deu um beijo na minha testa e um beijo no Mateus, conversou com a Rosa, se despediu do Neymar e os dois saíram.-
Rosa: Esses dois estão muito grudadinhos.
Laís: Desiste Rosa- ri- minha mãe não volta com meu pai nem morrendo, ela ainda guarda rancor dele. Não sei nem como aceitou a voltar com ele.
Rosa: Eles eram lindos juntos.
Laís: Prefiro minha mãe com o Marcelo- rimos, o Júnior sentou do lado da Duda e ficou nos mimando, a Rosa foi pra cozinha e nós ficamos ali.-
Neymar: O médico falou que você tinha que ficar de repouso.
Laís: E por acaso eu não to ?- ri e ele revirou os olhos-
Neymar: Deitada ô idiota- riu-
Laís: Ahh não
Neymar: Anão é um cara bem pequeninho, sem manha vai.- pegou o Mateus do meu colo, me fez levantar e fomos pro quarto, deitei e a Duda deitou junto comigo, liguei a TV e ficamos assistindo desenho...

Hello girls, desculpa a demora, nem sei porque demorei pra escrever, mas aqui estou eu ! Peguei a ideia de sequestro de vocês, mas não deixei acontecer hahaha não tive essa coragem toda ! Mas acho que ficou legalzinho, espero que vocês gostem. Deixem as opiniões ai que eu vou colocando no meio da história, beijinhosssss. E ah, não se esqueçam do blog da Isa. Fuuui !

52 comentários:

  1. Awnnn ameiii, percebi que usou um pouco da minha idéia fazendo ele perceber que se não acabasse com o contrato perderia a Lais de vez, confesso que ficou muito melhor do que eu imaginei, bjis e continua logoo♥

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha QUE AMOR. Kra ARRASOU, esse capitulo foi pika, teve desespero, eu quase chorei... foi lindo de viver, lindão mesmo ! ADOREI, CONTINUUA -Maari

    ResponderExcluir
  3. Awn essa preocupação do Júnior *-* maravilhosa, enfim já pode postar o próximo ♥

    ResponderExcluir
  4. Ficou legalzinho? Ficou perfeito, eu curti! Neymar tomando atitude de terminar cm o contrado 🙌 Eu estou amando, continua!!! @neynossapaixao

    ResponderExcluir
  5. Continuaa.. eu amo esse blog ♡♡

    ResponderExcluir
  6. Coooontinuuua, tenta postar 2 vezes por semana ou 3 .. eu amo tanto seus imagines cara ! ♥♥♥

    ResponderExcluir
  7. to amando ~leitora nova~

    ResponderExcluir
  8. perfeito!! sua fic é perfeita!! continuua, ansiosa pro próximo cap!! <3

    ResponderExcluir
  9. está perfeito, maravilhoso... mas isso eu já falo sempre, e tu sabe que é. Não demora a acabar com minha agonia, please. Beijocas :*

    ResponderExcluir
  10. blog perfeito, nunca pare de postar ta? @desejoneymarjr

    ResponderExcluir
  11. Ameiiii!!!!!!! Juro! Continua assim, como disse você tem td para ter o melhor blog, arrasou! 👌

    ResponderExcluir
  12. Mais, Mais.. Continua! *-*

    ResponderExcluir
  13. MAAAAAAAAAAAAIS , CURIOSA *------*

    ResponderExcluir
  14. ahhhhhhhhhhhhhh continuaaaa ta perfeitooo

    ResponderExcluir
  15. Ta mt bom .. Tenha duas ideias, uma é q eles fiquem de bm maaas, que ele fique de mal con o pai dele lor causa dos contratos r a outra é q elede ultima hora desista de cancelar o contrato e eles briguem. continuaa

    ResponderExcluir
  16. Continuaaa ta perfeito @Njr_MeuAnjo

    ResponderExcluir
  17. Perfeito *---* não ê querendo ser má ,mas eu queria que o sequestro tivesse acontecido,ficaria mais. emocionante kk e pfvr tenta não demorar pra postar morro de curiosidade aqui

    ResponderExcluir
  18. cara estou amando por demaisss

    ResponderExcluir
  19. Perfeitoo ... Continuaa >,<

    ResponderExcluir
  20. muito top amor! tem ask?

    ResponderExcluir
  21. ooooW poostaa mmais (:

    ResponderExcluir
  22. mais mais mais mais mais...

    ResponderExcluir
  23. que lindoo, continuua

    ResponderExcluir
  24. Continuaa pelo amorrrrr, já tô morrendo de curiosidade ! =D

    ResponderExcluir
  25. Perfeito sem mais , continua

    ResponderExcluir
  26. Ficou maravilhoso!! E até que fim o Junior pôs fim no "namoro" com a Marquezine e preferiu ficar ao lado da mulher que ama e que é mãe do seu filho. Muito lindos juntos 💙 continua bj

    ResponderExcluir
  27. Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!

    ResponderExcluir
  28. Quero mais!
    Poste mais rapido tbm no da isaaa rapido!

    ResponderExcluir
  29. O junior tem q acabar com esse "namoro" mesmo. Ja passou da hora ! As ameaças acabaram agora né ?! CONTNUA

    ResponderExcluir
  30. Ameeeeeeeeeeeeeei.... ainda bem que não aconteceu nada com ela e ela se livrou,e até que enfim o Junior acabou com esse contrato @MyBoyNJR

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, volte sempre! Beijocas